Como descobrir seu estilo?

Oiii Bonitonas! Como vocês estão?

Desculpem meu sumiço… Vocês já tiveram a sensação de que os dias passam tão rápido, você faz tantas coisas ao mesmo tempo e acaba não fazendo nada pra si mesma? Eu estava (acho que ainda estou) assim. 2015 se foi, 2016 já está ai e parece que o tempo só acelera!

 

Como 2016 começou pra mim.
Como 2016 começou pra mim.

Mas vamos falar de coisas boas agora. Quero compartilhar com vocês algo que só descobri agora depois de adulta. De uns tempos pra cá tenho investido mais tempo em auto-conhecimento, e isso está me fazendo um bem danado viu! Indico para todas vocês fazerem isso também.

Quando você passa a se conhecer de verdade, e passa a saber do que realmente gosta, sua vida muda completamente, em todos os aspectos.

Hoje eu quero mostrar a vocês como descobrir meu estilo mudou tudo em mim. Vou dar dicas do que tenho feito pra me conhecer melhor e quero que vocês façam isso também.

Vamos nessa?

Como descobrir seu estilo?

A primeira coisa que fiz foi limpar meu guarda-roupa. Mas limpar de verdade, tirei todas as roupas e coloquei em cima da cama, deixei ele vazio, estava abarrotado e não tinha espaço pra nada.

Eu: "Meu Deus essa blusa eu ganhei em 2009 e só usei uma vez..."
Eu: “Meu Deus essa blusa eu ganhei em 2008 e só usei uma vez…”

Gente essa frase da blusa de 2008 é verdadeira, não só a blusa mas calças também hahaha. Eu sempre tive um certo apego a roupas do tipo: ‘essa blusa é tão linda, vou guardar pra usar só pra sair, eu tenho que ficar puxando toda hora porque ela fica subindo, mas ela é linda, então vou guardar…’ , quem nunca disse isso?

Nesse momento eu parei e pensei, essa blusa me incomoda, tem anos que não uso, não combina mais comigo, o que ela está fazendo aqui?

Foi então que eu vi um monte de roupas com a mesma história, guardadas por anos no fundo da gaveta, apenas ocupando espaço. Já completamente tomada pelo sentimento de desapego total, eu fui jogando em uma pilha de lado, todas essas roupas que já não faziam mais sentido pra mim.

Eu fui muito sincera comigo nesse momento, deixei emoção e memórias de lado, olhava pra cada peça e me perguntava: Eu gosto de vestir essa peça? Eu me sinto bem usando? Eu me sinto confortável? E a pergunta principal, eu me sinto bonita usando ela?
Se todas as respostas foram ‘não’, adeus para aquela roupa.

Depois de algumas horas, acho que 70% das minhas roupas foram para a pilha do desapego. Quando eu olhei o que sobrou, que eram as peças que eu realmente usava e gostava, eu quase não acreditei. Por que eu estava com um guarda-roupa abarrotado de roupas que eu nem usava? E sabem de uma coisa? Foi muito libertador, me senti tão mais leve! Guardei minhas peças queridas e vi todo aquele espaço, o ar circulando, nada amassando nada, fiquei realmente feliz.

A partir dai eu comecei a realmente descobrir o meu estilo, e ir em busca de deixar meu guarda-roupa mostrar quem eu sou.

Cores

Cores preferidas

Segunda descoberta sobre mim mesma: as cores das minhas roupas se resumem em branco, preto, cinza, azul escuro, verde escuro e vermelho. São cores sóbrias, mas que são fáceis de combinar e muito coringas.

 

Tecidos

Tecidos confortáveis

Não tem jeito, eu amo jeans e blusa de algodão ou algum tecido que fica gostoso na pele, sabe quando a roupa te abraça? Eu gosto de conforto, a roupa tem que cair bem em mim, como se tivesse sido feita sob medida.

 

Looks

Agora vem a parte mais legal, buscar inspirações de roupas que você gostaria de usar. O Pinterest é o melhor lugar pra fazer isso, tem muita inspiração para todos os gostos. Eu fico navegando pelos looks e escolhendo qual deles eu usaria, salvo nos meus painéis e tenho uma imensa fonte de ideias. Quando você se imagina usando uma roupa é o seu subconsciente te falando que ela combina com você.

imagens-do-post-meu-estilo-1

Gente eu me vejo usando cada um desses looks inteirinhos, sem tirar nem por. 

E agora?

Agora você será uma pessoa mais consciente na hora de comprar, por que vai escolher exatamente o que gosta e o que fica bem em você. Eu sou a prova viva de que uma roupa m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a no manequim ficou um terror em mim quando vesti.

Temos que tirar dos olhos a venda que a indústria do consumismo de moda colocou em nós a vida toda. Eu não quero usar uma roupa só porque está na moda e todo munda está usando, se eu não me sinto confortável com ela, se não tem nada a ver com meu estilo de vida, meu dia-a-dia e etc.

Fiz uma listinha pra você usar na vida:

  • A roupa certa pra mim faz eu me sentir bonita nela;
  • Não fica me incomodando;
  • Valoriza meu corpo;
  • Me faz sorrir quando olho pra ela;
  • Tem um detalhe ou outro que faz meu coração bater mais forte;
  • Mostra quem eu sou;

Agora Bonitonas usem essa lista pra TODAS as roupas que vocês forem comprar, e terão um guarda-roupa inteirinho que é puro amor!

Quem ai topa fazer um detox no guarda-roupa em 2016? Vale a pena, eu garanto!

 
Follow my blog with Bloglovin
 

Raquel

Amo poesia. Amo o cheiro de chuva no fim de tarde e as flores dos ipês pela rua, colorindo a calçada. Gosto de sorrisos sinceros e mais ainda, pessoas sinceras.